Mostra 3M de Arte

8ª Mostra 3M de Arte

A 8ª Mostra 3M de Arte exibe 06 trabalhos inéditos que apresentam espaços públicos possíveis, sem abrir mão da utopia, como resposta à busca da sociedade por maior igualdade e respeito às diferenças.

Mesmo que utópicas,em tempo de conflitos ideológicos que afetam a coesão social, a Mostra 3M e seus artistas optam por praticar, mesmo que efemeramente, a ideia da convivência com tolerância e capacidade de diálogo, partindo da ideia de fruição do espaço público enquanto ambiente de arte e paz.

Nesse contexto,participam da 8ª Mostra 3M de Arte projetos artísticos amparados em conceitos científicos e tecnologia que nos conectam ao mundo real e indicam respostas possíveis. Esta é a proposta do Metro Cúbico¹, em que a fonte de água tem sua intensidade baseada na cotação das ações da companhia de saneamento e abastecimento de água da capital na Bolsa de Valores. Ou da engenharia milenar utilizada para calcular os seguros muros dos castelos e fortalezas do mundo antigo, representada no contemporâneo Contraforte² , algo tão pequeno e frágil diante de sua estrutura e que suporta o peso de algo tão maior e grandioso.

Mesmo a obra sonora, Falante³, que poderia parecer algo pueril, nos faz refletir sobre a comunicação que pode dar espaço para interpretações diversas e proporcionar o surgimento das fake News, bem como provocar desentendimentos graves de nível pessoal ou mesmo entre nações. Amparado em conceitos “simples” de física ótica, a obra Miração⁴  nos incita a nos considerar iguais aos outros, mesmo preservando a nossa diferença. Já Parque⁵  nos convida a usufruir o espaço urbano num estado de harmonia homem, urbe e natureza.

Por fim, o trabalho É Preciso Continuar⁶ é um apelo luminoso poético e explícito. Basta a nós refletir sobre quais os caminhos a seguir.

Boa Mostra 3M de Arte. Ela, assim como o espaço em que habita, são todos seus.